mau hálito

Conheça 4 causas do mau hálito e saiba como evitá-las

Tempo de leitura 3 min

O mau hálito é um problema que incomoda muita gente e dificulta até mesmo as relações pessoais e profissionais. Felizmente, é possível identificar as principais causas do mau hálito. Saber como evitá-las, pode contribuir para que seu sorriso não seja atrapalhado pelo odor desagradável que sai da boca ao longo do dia.

Ficou curioso e quer saber mais sobre o tema? Continue a leitura deste post, descubra as 4 principais causas e veja como prevenir esse mau!

1. Presença de cáries

A abertura causada pela cárie favorece o desenvolvimento do mau hálito, devido à presença de bactérias e restos de alimentos que se acumulam. Então, é importantíssimo tratar qualquer cárie que apareça.

Para aqueles que ainda têm medo de dentista e preferem adiar essa visita, é preciso entender que a consequência desse descuido, além de causar mau cheiro, também pode piorar um problema dental já instalado.

2. Má higiene bucal

Engana-se quem pensa que a escovação completa não envolve a limpeza da língua, músculo responsável em grande parte pelo mau hálito e outros odores bucais. Por isso, não adianta limpar os dentes e esquecer da língua!

Logo, a escovação completa de cada dente deve ser feita com o creme dental apropriado, uso de fio dental e bochechos com água, para ajudar na eliminação das impurezas e restos de alimentos que ainda estão na cavidade bucal.

3. Tabagismo e alcoolismo

Que o cigarro causa diversos malefícios ao organismo, em especial ao pulmão, ninguém tem dúvida. Mas o uso frequente do cigarro, além de promover o depósito de nicotina nos dentes, também influencia no aparecimento do mau hálito.

Além disso, há o alcoolismo, outra condição que causa mau hálito. Por isso, sempre que possível, evite o consumo de álcool.

No caso de quem está fazendo clareamento dental, o mais adequado é não ingerir bebida alcoólica.

4. Infecções na garganta

O fato de estar com mau hálito, também pode ocorrer por conta de uma infecção de garganta, problemas de estômago ou, até mesmo, por diabetes descompensado. Por isso, é interessante observar outros sinais e sintomas apresentados.

A dor de garganta seguida de mau hálito e febre é indicativo de infecção. Os microrganismos causadores são responsáveis por produzir um odor característico. No caso de problemas estomacais ou de ficar muito tempo sem comer, o odor é diferente, mas também bem forte.

Como evitar o mau hálito?

Considerando que existem causas comportamentais e outras microbiológicas, é importante entender que existem mudanças de conduta e tratamento para todas elas, basta buscar ajuda.

Em relação ao uso de bebidas alcoólicas e o tabagismo, aconselha-se a redução significativa do consumo e a eliminação do hábito de fumar, além de focar na higienização correta dos dentes.

Entretanto, para aqueles que estão com suspeita de infecção de garganta ou de problemas estomacais, é interessante buscar auxílio de especialistas para que o trabalho seja feito de forma complementar.

Por fim, trata-se de algo delicado, pois afeta a convivência social e profissional de quem tem a condição.

Devido a isso, é importante buscar ajuda quando perceber o problema, além de eliminar os hábitos nocivos e investir significativamente na higienização correta dos dentes e no uso de fio dental.

Ainda, é fundamental fazer visitas periódicas ao consultório odontológico para evitar as causas do mau hálito e suas recorrências.

E você, tem alguma dúvida sobre o assunto? Precisa de mais informações sobre o tema? Então, entre em contato conosco!

será que eu preciso de aparelho

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

3 Comentários

  1. Bom dia … gostaria de saber se vocês fazem tratamentos por plano saúde como Unimed ..pois seria interessante para muitos.

    1. Olá Maria, tudo bem? A OdontoCompany é uma franquia com mais de 1000 clínicas no país, por isso, cada unidade tem autonomia para decidir essas questões. Portanto, isso pode variar de acordo com a localização da unidade e do profissional. Procure a OdontoCompany mais próxima de você para tirar a dúvida pelo link https://odontocompany.com/

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.